IMG_5997.JPG

QUEM SOMOS

Tombada e incorporada ao Patrimônio Nacional no dia 3 de julho de 1941, a Igreja Matriz de Pirenópolis tornou-se o maior e mais antigo patrimônio histórico - eclesiástico de Goiás .  A Santa Igreja está inclinada em direção ao Rio das Almas e aberta para a Serra dos Pirineus. É o ponto principal das liturgias e os eventos religiosos dos Pirenópolis como a Festa do Divino Espírito Santo.

NOSSA VISÃO
NOSSA FÉ
NOSSA COMUNIDADE

Clique aqui para adicionar o seu próprio texto e editar. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo e trocar fontes.

Clique aqui para adicionar o seu próprio texto e editar. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo e trocar fontes.

Clique aqui para adicionar o seu próprio texto e editar. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo e trocar fontes.

CONHEÇA O PADROEIRO DA PASCOM PIRENÓPOLIS
 BEATO CARLOS ACUTI

Para crianças e jovens contemporâneos Carlos diz que a Eucaristia é o remédio infalível para resolver os problemas da humanidade, porque no Tabernáculo encontramos Cristo, Aquele que se encarnou por amor e sofreu para nos salvar. O Beato ficou maravilhado com tanto amor divino pelo homem e não se acalmou antes de dar a conhecer aos outros a extrema riqueza deste amor infinito. Os dias de Carlos, portanto, se centraram em torno da Missa e, quando ele podia também fazia a Adoração Eucarística.

Justamente por essa sua capacidade de compartilhar os mistérios da fé com os outros, Carlo pode ser definido como um verdadeiro apóstolo em todos os ambientes em que viveu, que são aqueles típicos de um adolescente: família, escola, esporte, lazer, viagens jogos.

Como leigo, o Beato soube reavivar o fervor e a prática cristã também em muitas pessoas consagradas e sacerdotes. Ele foi uma testemunha autêntica da veracidade da parábola da videira e dos ramos. Na verdade, ele sempre procurou permanecer apegado à linfa vital do tronco da videira, Cristo Senhor, para dar frutos abundantes em tudo o que fazia e planejava.